Tradução Brasileira da Bíblia/I João/IV

Wikisource, a biblioteca livre
< Tradução Brasileira da Bíblia‎ | I João
Ir para: navegação, pesquisa
I João - Capítulo IV
por Vários


  1. Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai os espíritos, se vêm eles de Deus; porque muitos falsos profetas têm aparecido no mundo.
  2. Nisto conheceis o Espírito de Deus: todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne, é de Deus;
  3. e todo o espírito que não confessa a Jesus, não é de Deus. Este é o espírito do anticristo, de cuja vinda tendes ouvido falar, o qual agora já está no mundo.

  4. Vós, filhinhos, sois de Deus, e os tendes vencido; pois quem está em vós, é maior do que quem está no mundo.
  5. Eles são do mundo; por isso falam como sendo do mundo, e o mundo os ouve.
  6. Nós somos de Deus; quem conhece a Deus, ouve-nos; quem não é de Deus, não nos ouve. Assim é que conhecemos o espírito da verdade e o espírito do erro.

  7. Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; todo aquele que ama, é de Deus, e conhece a Deus.
  8. Quem não ama, não conhece a Deus, porque Deus é amor.
  9. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós, em que Deus enviou a seu Filho unigênito ao mundo para que vivêssemos por meio dele.
  10. O amor consiste, não em termos nós amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós e enviou a seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.
  11. Amados, se Deus assim nos amou, nós também devemos amar-nos uns aos outros.
  12. Ninguém jamais viu a Deus; se nos amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é em nós perfeito.
  13. Conhecemos que permanecemos nele e ele em nós, por ele nos ter dado do seu Espírito.

  14. Nós temos visto e testificamos que o Pai enviou a seu Filho como Salvador do mundo.
  15. Todo aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus.
  16. Nós temos conhecido e crido o amor que Deus tem em nós. Deus é amor; aquele que permanece no amor, permanece em Deus, e Deus permanece nele.

  17. O amor é perfeito em nós, para que tenhamos coragem no dia do juízo; porque assim como ele é, nós somos também neste mundo.
  18. No amor não há medo, mas o perfeito amor lança fora o medo, porque o medo envolve castigo; e aquele que tem medo, não é perfeito no amor.
  19. Nós amamos, porque ele nos amou primeiro.
  20. Se alguém disser: Amo a Deus, e aborrecer a seu irmão, é mentiroso; porque aquele que não ama a seu irmão a quem vê, não pode amar a Deus a quem não vê.
  21. Temos dele este mandamento, que aquele que ama a Deus, ame também a seu irmão.