Em Tradução:Cândido/Capítulo 9

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O que aconteceu a Cunegundes, Cândido, ao Grão-Inquisidor e ao judeu[editar]

Esse judeu Issacar era o mais colérico dos hebreus de Israel, desde o cerco a Babilônia.

"O quê!", diz ele, "Cadela da Galiléia! Já não basta o Sr. Inquisidor agora devo compartilhares com este malandro?"

Ao dizer isso, saca um punhal longo que sempre carregava e não acreditando que seu adversário tivesse braços, joga-se sobre Cândido, mas o nosso bom vestifaliano tinha recebido uma bela espada da velha juntamente com a muda de roupas. Ele saca sua espada, embora tivesse modos muito suaves e estende o israelita morto no chão ao pé da bela Cunegundes.

"Virgem Santa!" gritou ela, "O que será de nós? Um homem morto em casa! Se a justiça vem, estamos perdidos."

"Se Pangloss não tivesse sido enforcado", diz Cândido, "Ele nos daria um bom conselho, afinal era um grande filósofo. Por padrão, consultemos a velha".

Muito cautelosa, a velha começava a falar quando outra pequena porta se abre. Já era uma hora depois da meia-noite, o início de domingo. Este dia pertencia ao senhor inquisidor. Ao entrar se depara com Cândido empunhado a espada, um morto deitado no chão, Cunegundes horrorizada e uma velha a dar conselhos.

Neste momento, o seguinte se passava na alma de Cândido e então assim raciocinou:

"Se este homem santo chamar por socorro, certamente serei queimado vivo e talvez até a Cunegundes também o seja, foi por causa dele que fui cruelmente açoitado, ele é meu rival, e, como já matei mesmo, vou matá-lo, não há tempo para hesitar." Este raciocínio foi claro e instantânea, de modo que, sem dar tempo para o inquisidor se recuperar de sua surpresa, Cândido perfurou-lhe por completo lançando-o ao lado do judeu.

"Mais uma vez!" disse Cunegundes, "Agora não há mesmo misericórdia para nós, seremos excomungados, nossa última hora chegou. Como você pôde fazer isso? Você, naturalmente tão suave, matou um judeu e um prelado em dois minutos!"

"Minha bela jovem", respondeu Cândido, "quando se é um amante, ciumento e chicoteado pela Inquisição, nada se pode deter".

A velha então toma a palavra, dizendo:

"Há três cavalos andaluzes no estábulo com arreios e selas, que o bravo Cândido deve prepará-los; a madame tem dinheiro, jóias, portanto vamos montar rapidamente a cavalo, embora eu possa sentar-se apenas em uma das nádegas... vamos a caminho de Cádiz, o melhor clima do mundo, e há grande prazer em viajar em noites frescas."

Imediatamente Cândido selou os três cavalos, Cunegundes, a velha e ele, viajaram por um trecho de 30 milhas. Enquanto isso, a Santa Irmandade adentrou a casa; o senhor Inquisidor foi sepultado em uma igreja bonita, e o corpo de Issacar foi jogado em cima de um monturo.

Cândido, Cunegundes e a velha, já tinham atingido a pequena cidade de Avacena entre as montanhas da Serra Morena e conversavam o seguinte em uma estalagem pública.