A vida é pouco aos bocados

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(A vida é pouco aos bocados)
por Fernando Pessoa
Quadra escrita por Fernando Pessoa. Agrupada postumamente (em 1965) como Quadras ao Gosto Popular.[*]

A vida é pouco aos bocados.
O amor é vida a sonhar.
Olho para ambos os lados
E ninguém me vem falar.