Esse xaile que arranjaste

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esse xaile que arranjaste,
Com que pareces mais alta
Dá ao teu corpo esse brio
Que à minha coragem falta.