Não sei que flores te dar

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Não sei que flores te dar
Para os dias da semana.
Tens tanta sombra no olhar
Que o teu olhar sempre engana.